Sob a lua vermelha de novembro...

Quando tudo isso começou? Quando as engrenagens do destino começaram a girar? Talvez seja impossível achar a resposta agora, profunda no fluir do tempo...

Minha foto
Nome:
Local: Belo Horizonte, MG, Brazil

Eu? Apenas mais um andante solitário...mas todos os andantes tem uma ou outra lição a passar devida à sua intimidade com a estrada. A estrada é sábia. Embora seja certo que o caminho ainda segue muito à frente... quantas lições nos esperam?

sábado, junho 11, 2005

À luz da lua...música para o coração...e dois garotos unidos...sob uma só paixão

******




******

Em algum lugar, uma voz chama,
do fundo do meu coração.
Que eu possa sempre sonhar
os sonhos que tocam meu coração...

Tantas lágrimas de tristeza,
infinitas lágrimas rolaram
mas sei que do outro lado,
encontrarei você...

Toda vez que caímos no chão,
olhamos para o céu no alto
e acordamos para o seu azul,
como se fosse a primeira vez...

Como o caminho é longo e solitário,
e não enxergamos o fim,
posso abraçar a luz
com meus dois braços...

Quando digo adeus meu coração pára,
com ternura eu sinto
que meu corpo silencioso
passa a ouvir o que é real...

O milagre da vida,
O milagre da morte.
O vento, as cidades e as flores,
todos nós dançamos como um só.



Em algum lugar uma voz chama,
do fundo do meu coração.
Continue sonhando seus sonhos
não os deixe morrer...

Por que falar de sua melancolia
ou das tristezas da vida?
Deixe esses lábios cantarem
uma linda canção para você...

Não esqueceremos a voz sussurrante,
em cada lembrança ela ficará,
para sempre, a guiar você...

Quando um espelho se quebra,
estilhaços se espalham pelo chão:
Lampejos de uma nova vida
refletem-se por toda parte...

Janela de um recomeço,
quietude, nova luz da aurora
deixe que meu corpo vazio e silente
seja preenchido e nasça outra vez...

Não é preciso procurar lá fora,
nem velejar através do mar...
Porque brilha aqui dentro de mim,
está bem aqui dentro de mim.
Encontrei uma luz que está sempre comigo...

(Always, time after time – Spirited Away)

__________________________________________


Nesse dia especial, quero que pessoas especiais sejam homenageadas. Pessoas a quem eu conheci e amei. Pessoas que, estejam onde estiverem, sempre serão alvos de meu amor. Em homenagem à essência de seus espíritos, escrevi poemas simples, ao estilo japonês, denominados Hai-Kais.... enalteço, porém, dentre todos estes, um único, de nome Allan. Allan, este dragão noturno que povoou minha mente, meus sonhos e meu coração por tempo demais, mais tempo do que ninguém nunca esteve. É para ti, Allan, que dedico este dia. Esteja onde estiver, fazendo o que fizer, pensando ou agindo, chorando ou sorrindo. Que um dia o fogo do dragão que você guarda dentro do coração possa despertar...

________________________________________________________

Vejo um dragão nas profundezas da noite;
Uma faísca em seus olhos, uma fogueira n’alma,
pulsante, silente, sob a lua cheia... – sob uma lua de amor.
(Allan)

_________________________________________________________

Suspiro sob um colchão de nuvens,
pintando suas formas
com os tons rosados do entardecer.
(Hemerson)

_________________________________________________________

O filhote de tigre brinca, inocente,
se finge de feroz na savana;
ah...brincarei junto a ele algum dia?
(Túlio)

_________________________________________________________

Eu ouço um pássaro, um trineto
solitário ao vento;
Tão perto, tão longe de mim!
(Ademar)

_________________________________________________________

Naquele dia, você olhava as estrelas,
mas seus olhos
brilhavam mais que qualquer estrela.
(Daniel)

_____________________________________________

Vejo, debaixo d’um véu castanho,
duas pérolas fulgindo
- e um rosto suave de um anjo.
(Luís Felipe)

________________________________________________________

Aurora; meu coração pulsa feliz, em sintonia,
de galho em galho, ao lado d’um macaquinho
que se funde entre o suave verde claro da matina.
(Ramon)

_______________________________________________________

Inverno; Muralha da China;
Um floco branco desliza na neve
e dois olhos de gato me fitam na solidão.
(Lucas)

_______________________________________________________


*****

Para todos vocês, um feliz e maravilhoso dia dos namorados. E nunca se esqueçam dos versos de meu outro poema:

"Mesmo que, espinhosos, muitos laços
envolvam do amor o caminhar;
Mesmo seja o sofrer tal chicote árduo,
e traição desperte onde há mais confiar;
Ainda seja tudo isso até redobrado,
ainda assim, terá valido a pena amar..."


________________________________________



(Por Bruno Neves Oliveira)

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

bom, pra começar quero dizer realmente, não existe homens que entendam mulher. Quando li seu orkut fiquei surpresa. Encontrei um homem que entenda as mulheres, mas logo li que você é homossexual, ai pensei: só eles mesmo pra nos entender, não há homem nesse mundo que pense como nós. Parabéns por assumir sua opção, isso não é vergonha!

5:18 PM  

Postar um comentário

<< Home